Advogado autônomo: o que fazer para se destacar?

Veja como se destacar atuando como advogado autônomo

Confira, neste artigo, os principais pontos a serem considerados para que tenha destaque atuando como advogado autônomo

Você, que atua ou visa exercer suas atividades como advogado autônomo, certamente pode estar se perguntando qual a chave para o sucesso em meio a um mercado bastante exigente.

Isso porque, mesmo com muitos profissionais que estão no meio advocatício, nem todos exercem suas funções pelas mesmas razões.

Atualmente, trabalhar de forma autônoma pode ser um desafio dos grandes, afinal, não tem o tradicional suporte de quando se tem um vínculo empregatício com algum escritório ou empresa.

Sendo assim, os benefícios de estar em um ambiente corporativo passam a ser totalmente reduzidos.

Entretanto, exercer a advocacia, neste cenário, também pode ser extremamente gratificante, principalmente se considerarmos o fato de que terá maior comodidade, controle e organização quanto aos seus horários e ambiente de trabalho.

Para ter sucesso como advogado autônomo, você precisa ter um planejamento detalhado e efetivo, além de muita autoconsciência sobre tudo o que precisa ser realizado em seu dia a dia.

Isso requer, constantemente, muita disciplina e motivação

A princípio, isso não tende a ser um problema, visto que os advogados autônomos, em sua maioria, são mais organizados e motivados do que aqueles que atuam em ambientes corporativos.

Contudo, manter a disciplina para cumprimento de prazos e gerenciar o tempo hábil de forma adequada é essencial.

Esses profissionais, por diversas questões, também precisam dedicar muito de seu tempo extra, seja ele antes ou depois do trabalho.

Mas, fique tranquilo, isso pode ser feito sem maiores problemas!

Pensando em auxiliá-lo com todas as questões relacionadas ao sucesso de um advogado autônomo, preparamos este artigo com um conteúdo que poderá ser fundamental ao ser aplicado em sua jornada.

Continue conosco e confira todos os detalhes!

Advogado autônomo: qual a chave para o sucesso?

Para entender o que realmente deve ser feito para obter sucesso como um advogado autônomo, primeiramente, você precisará compreender qual o significado de atuar dessa maneira.

O que significa ser um advogado autônomo?

Para ser um advogado autônomo, você deve ser capaz de controlar seu próprio horário, bem como suas horas de trabalho.

No entanto, existem algumas contrapartidas.

Os advogados corporativos tendem a ter melhores benefícios em meio à sociedade e o que ela poderá proporcionar, como, por exemplo, acesso a eventos e maior segurança em relação ao seu próprio emprego.

Você também deve ser auto-motivado e organizado, como já citamos anteriormente, e disciplinado para que consiga cumprir prazos e administrar seu tempo de forma eficaz para não ficar para trás no trabalho ou atrasar demandas importantes.

Finalmente, ser um advogado autônomo requer a habilidade de fazer malabarismos com muitas tarefas ao mesmo tempo, afinal, nem sempre terá disponibilidade de tempo em uma rotina apertada e corrida.

Às vezes, você pode precisar assumir projetos paralelos múltiplos, que vão além da sua carreira jurídica.

Portanto, se quiser ter sucesso como advogado autônomo, precisará de muita determinação e trabalho árduo.

Qual é a diferença entre advogados autônomos e assalariados?

Existem algumas diferenças entre a função de advogados autônomos e assalariados, afinal, são circunstâncias diferentes para cada tipo de exercício.

Os autônomos, como sabemos, não possuem rendimentos garantidos, visto que dependem das atividades exercidas.

Já os assalariados referem-se àqueles que possuem salários fixos, independentemente de trabalharem ou não, como, por exemplo, advogados com contratos em empresas.

Isso significa que sua renda depende das horas em que estão logados no escritório, ou na corporação em que possuem vínculo.

Já os advogados autônomos trabalham com base em um contrato.

Portanto, sua renda não depende do número de horas que trabalham, mas sim da quantidade de clientes ou demanda diária.

Uma vantagem que atuar como advogado autônomo pode trazer, por exemplo, está na possibilidade de ganhar mais dinheiro do que um advogado assalariado.

Isso acontece porque você cobrará pelas suas próprias horas e trabalho a ser realizado.

A desvantagem é que sua renda pode flutuar enormemente, dependendo de quão ocupado você esteja, mas isso também significa que você está no controle de sua agenda e de suas finanças.

Sendo assim, podemos dizer que, para ter sucesso como advogado autônomo, é preciso fazer muitas pesquisas, preparar-se para flutuações imprevisíveis de renda e ser capaz de lidar com a pressão quando as coisas não correm conforme o planejado.

Por que você deveria se tornar um advogado autônomo?

Há muitas razões pelas quais você deve se tornar um advogado autônomo.

Talvez você tenha estado em um escritório de advocacia corporativo e esteja procurando por mais controle sobre seu tempo e ambiente de trabalho…

Também pode ser que tenha deixado o mundo corporativo para buscar algo que seja mais gratificante.

Seja lá o que for, tornar-se um advogado autônomo, apesar da ausência dos benefícios oferecidos pelo trabalho em ambiente corporativo, tem várias vantagens.

Tornar-se autônomo pode lhe permitir otimizar seu tempo, diminuir sua coordenação com outros advogados e concentrar-se no que você mais gosta de fazer, como, por exemplo, alguma área da advocacia em específico.

Isso também proporciona a liberdade de estabelecer seu próprio horário de trabalho e escolher quando trabalhar e quando não trabalhar, desde que a organização seja uma de suas principais características.

Dessa forma, você poderá alcançar uma boa lucratividade e, ainda assim, ter mais tempo com sua família.

Se você estiver disposto a trabalhar duro, atuar como autônomo, ou freelancer, também pode permitir que você ganhe mais dinheiro do que se você ainda estivesse trabalhando em uma grande empresa.

Portanto, é importante que você analise os casos e busque por informações eficazes que te auxiliem na melhor tomada de decisão quanto a se tornar um advogado autônomo ou seguir como um profissional assalariado.

O equilíbrio entre trabalho e vida pessoal para advogados autônomos

Apesar de diversas vantagens, atuar como advogado autônomo também apresenta uma série de desafios.

Todos eles estão diretamente ligados ao fato de que você exercerá sua função por conta própria.

Assim, terá que se preocupar com seu equilíbrio entre trabalho e vida pessoal e não pode confiar em outra pessoa para administrá-lo para você.

Isso significa que precisará de um bom planejamento para conseguir gerenciar as questões relacionadas à vida profissional e pessoal.

Se não ganhar tempo para si mesmo, será difícil manter uma prática empreendedora, o que inclui a criação de um segundo emprego ou projetos paralelos que possam ajudar a complementar sua renda legal.

É também aqui que entra a autoconsciência…

Afinal, você precisa compreender quanto tempo está disposto a passar cada dia trabalhando e que tipo de horário funciona melhor para você, de modo que possa manter o equilíbrio entre estes dois aspectos da vida.

A falta dos benefícios oferecidos em ambientes corporativos, por sua vez, pode trazer algumas situações negativas ao seu dia a dia.

No entanto, existem maneiras de contornar isso, como:

  • Participar de comunidades online e manter bom relacionamento com colegas advogados;
  • Assistir aulas e cursos online, ou palestras;
  • Comparecer em eventos da área; entre outras.

Dessa maneira, ao equilibrar questões pessoais com aquelas que estão presentes em sua rotina de trabalho, possibilitará obter destaque no ramo advocatício.

Qual a importância de conhecer seus desejos e necessidades

Antes de iniciar sua prática de advocacia autônoma, você precisa conhecer seus desejos e necessidades.

Quais são seus objetivos? O que você está disposto a fazer para alcançá-los?

Seu primeiro passo é criar um plano de negócios.

Este plano precisa incluir múltiplos aspectos de seu trabalho como advogado, incluindo suas metas de longo prazo.

Ele também precisa incluir que tipo de clientes você deseja e por quais motivos visa atendê-los.

O próximo passo é escolher um nicho ou uma área de foco dentro do campo do direito.

Assim, você terá todas as possibilidades de compreender, de fato, o que é preciso ser feito para se destacar como advogado autônomo.

Porém, é importante entender que não são apenas essas questões a serem resolvidas.

Como se destacar como advogado autônomo

Em busca de ganhar destaque como advogado autônomo, é necessário entender alguns fatores.

Dentre os principais, estão:

  • Crie uma marca para si mesmo;
  • Conte com um slogan interessante;
  • Defina o nicho ao qual atuará e busque desenvolver expertise;
  • Atraia clientes, a partir da autoridade em seu campo de atuação;
  • Obtenha habilidades-chave para exercer seus serviços;
  • Usufrua das estratégias de marketing para promover suas atividades.

Vale ressaltar que, para desenvolver seu conjunto de habilidades, é importante considerar ler sobre o campo ou aprender sobre novas tecnologias jurídicas.

Além disso, busque conversar com outros advogados do mesmo setor, bem como com pessoas que tenham trabalhado em diferentes áreas do direito para que você possa ter uma compreensão ampla de todas as oportunidades potenciais disponíveis no mercado.

Se você quiser se destacar como um advogado autônomo, então, essas são excelentes maneiras pelas quais deve se apegar e implementar em sua rotina.

Como é o sucesso para um advogado autônomo?

O sucesso como advogado autônomo depende de seus próprios objetivos pessoais, do tipo de trabalho que você deseja fazer e se você tem os recursos financeiros para arcar com o tempo e o esforço necessários.

Para algumas pessoas, o sucesso é ter uma ou duas horas de tempo livre à noite para aproveitar a vida familiar.

Para outros, o sucesso pode se dar ao iniciar um novo negócio após anos de trabalho para uma corporação.

Depende também de quanto tempo você está disposto a investir na construção de seu negócio.

Há muitas coisas que podem acontecer pelo caminho que requerem tempo e esforço extra, como, por exemplo:

  • Registrar impostos;
  • Encontrar clientes;
  • Gerenciar sua agenda e finanças;
  • Garantir o cumprimento de padrões profissionais;
  • Comercializar seu conjunto de habilidades e serviços;
  • Construir a consciência da marca através de plataformas de mídia social.

Sendo assim, se você está considerando tornar-se um advogado autônomo, é importante saber o que você precisa para ter sucesso.

A melhor maneira de se destacar é entender os principais pilares da área, aos quais citamos no decorrer de nosso artigo.

Além disso, é importante buscar pelo suporte de especialistas para instruí-lo da melhor maneira quanto a todas as burocracias envolvidas nesse processo, de maneira geral.

A importância da contabilidade especializada

Conseguir administrar todas as questões burocráticas, além de todas as demais complexidades que envolvem a rotina de um advogado.

Ainda mais se considerarmos que, em algumas vezes, os profissionais do segmento procuram tomar as ações sobre essas condições por conta própria, sem que haja um suporte adequado.

São diversos os aspectos e os cenários a serem considerados para que você se torne um advogado autônomo de sucesso…

Nós, da Integral Prime Assessoria Contábil, dispomos de um serviço de contabilidade para advogados e de um time de profissionais altamente capacitados e qualificados para ajudar em seu cotidiano.

Cuidaremos de rotinas contábeis, fiscais e tributárias para que você tenha maior tranquilidade para executar os seus serviços com o foco necessário.

Auxiliamos em tudo o que for pertinente às obrigatoriedades a serem cumpridas para se manter em conformidade.

Além disso, possibilitamos que você aumente a sua lucratividade, bem como que priorize a redução de gastos desnecessários que possam causar transtornos financeiros.

Contamos com 20 anos de experiência atendendo advogados e oferecendo serviços de qualidade e excelência.

Em meio ao nosso serviço especializado, oferecemos alguns benefícios, como:

  • Contabilidade completa;
  • Abertura de seu novo escritório advocatício;
  • Abertura de Sociedade Unipessoal de Advogados;
  • Enquadramento tributário com maior foco na economia;
  • Elaboração da folha de pagamento e demais rotinas do departamento pessoal;
  • Manutenção das obrigações acessórias;
  • Planejamento tributário eficiente;
  • Controle e organização fiscal, assim como demais rotinas fiscais;
  • Maior organização dos processos e estruturação financeira para o seu dia a dia; entre outros.

Dessa maneira, você estará protegido quanto a tudo que pode tirar o seu sono em relação à gestão de suas atividades.

Oferecemos maior assertividade e eficiência na execução de todos os processos.

Portanto, não hesite em procurar quem entende do assunto…

Tenha maior segurança em cada processo do seu dia a dia!

Clique aqui e saiba como ter destaque sendo advogado autônomo!

5/5 - (1 vote)
Summary
Advogado autônomo: o que fazer para se destacar?
Article Name
Advogado autônomo: o que fazer para se destacar?
Description
Veja como se destacar atuando como advogado autônomo. Leia o nosso artigo e confira mais informações sobre o assunto.
Author
Publisher Name
Integral Prime
Publisher Logo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.