Desmotivação no Trabalho – saiba como acabar com ela passo a passo

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

desmotivação no trabalho pode ser algo crescente e comum em diversos profissionais que, de algum modo, se sentem sobrecarregados e, até de certa forma, infelizes!

Muitas coisas podem ter relação com o tema, e discutir sobre esse assunto dá possibilidade para a criação de um livro.

Portanto vamos entender quais são as causas da desmotivação no trabalho e como solucioná-la!

O que influencia na desmotivação no trabalho?

  • Remuneração.
  • Ambiente cheio de conflitos.
  • Depressão.
  • Problemas familiares.
  • Insatisfação com a carreira.
  • Dificuldades em aproveitar melhor o tempo na realização de tarefas.

Esses são apenas alguns motivos, mas existem muitos outros que podem ir a um teor psicológico muito mais profundo.

Vamos apenas pincelar alguns pontos, pois nesse tema há muito o que se discutir, e decisões erradas pode colocar tudo a perder, em sua efetividade e produtividade!

Vamos então para os passos mais saudáveis para superar o desafio da desmotivação com o trabalho?

Autorreflexão

A primeira análise a ser feita é a seguinte:

Qual é o motivo que está te fazendo ser tão desmotivado no trabalho?

Quais são as razões?

Para você conseguir trabalhar nessa questão, é preciso, primeiro, entender os motivos. Algumas respostas poderiam ser:

  • Me sinto cansado demais, ou então
  • O ambiente tem me causado muito estresse.

Contudo, o importante é que depois de obter essas respostas, você pode optar por resolver a questão sozinho ou até mesmo procurar ajuda de um profissional da saúde, que pode ser um terapeuta, psicólogo ou coach!

Esses profissionais são formados e possuem as competências necessárias para te ajudar na superação de diversos desafios, que, às vezes, podem ter associação com o trabalho ou não, já que, por exemplo, acidentes, fatalidades e perdas familiares podem levar também a pessoa a se sentir mais desmotivada com o trabalho.

Compreendido até aqui?

Somos seres estimulados por muitas coisas, e em diversas ocasiões um gatilho apenas pode desencadear processos emocionais complexos e complicados. Por isso vale todo cuidado com as emoções e os fatores psicológicos.

Mas, e como resolver sozinho?

Ok, vamos lá. À algumas dicas…

Depois de ter as respostas dos motivos pelos quais se encontra desse jeito, comece a trabalhar na questão em si…

Por exemplo, digamos que o que está impactando sua motivação venha da sua baixa produtividade. O que seria preciso fazer então?

  1. Priorizar as coisas mais urgentes.
  2. Melhorar os horários para cada tarefa e, até mesmo, ver maneiras de aumentar a produtividade com outras soluções.

E se a desmotivação vem dos problemas financeiros que a empresa passa?

Se você é o responsável pela empresa, veja bem, para tudo há um motivo e a questão nem sempre pode ser realmente dedicada à crise ou falta de clientes

Às vezes o empreendedor passa por apuros por motivos que não deseja ver.

(Desculpe a sinceridade, mas é melhor chamar a atenção para fatos, do que para desculpas.)

Vejamos algumas coisas…

  • Como é o seu atendimento?
  • Qual a qualidade de seus produtos ou serviços?
  • Como é empregado a sua proposta de valor?
  • Como está a precificação do que você oferta?
  • Como está seu planejamento tributário e acompanhamento financeiro empresarial?

Hum… Muitos questionamentos, concorda?

Pois é! São eles que permitirão que você entenda o que realmente está acontecendo com sua empresa, embora fazer isso sozinho, sem o acompanhamento de uma assessoria contábil e financeira, pode não resolver a situação problemática de falta de lucro, entre outros.

Como você pode ver, existem muitas razões pelas quais você pode estar desmotivado, e de acordo com cada resposta, haverá sim passos e soluções. A questão principal é:

VOCÊ realmente deseja mudar essa situação ou está em sua zona de conforto?

Se sua resposta for:

“Preciso de ajuda, quero mudar essa realidade e encontrar o ponto de equilíbrio”. Aí sim, NÓS PODEMOS TE AJUDAR!

Vem conversar conosco!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email
Share on print

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *