O que você precisa para abrir um comércio?

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Quer dizer que você está pensando, ou já está convicto(a), em abrir um comércio para ter o seu próprio negócio, mas ainda não sabe qual e como dar o primeiro passo? Não faz ideia do que deve cumprir até que seu comércio esteja formalizado e tenha seu CNPJ?

Abrir um comércio não é um processo difícil, mas existem determinados passos importantes a serem cumpridos. Se você está realmente interessado em abrir um comércio, fique atento, pois trataremos hoje de informações importantes para você empreendedor!

O que você precisa saber antes de abrir um comércio

O ato de abrir um comércio é a concretização de objetivo que, muitas vezes, significa um sonho sendo realizado. Porém, até chegar nesse ponto, existe uma série de fatores a serem estudados e analisados:
  • Avaliar se você tem perfil empreendedor;
  • Conhecer suas principais características;
  • Estudar o mercado no qual você vai entrar;
  • Saber como escolher os sócios, se houver;
  • Traçar um plano de negócio para comércio;
  • Estabelecer metas;
  • Definir e conhecer seu público-alvo;
  • Conhecer o seu produto;
  • Planejar uma reserva de capital;
  • Prever custos iniciais;
  • Escolher o mais adequado regime de tributação para comércio, entre outras coisas!
Para tudo isso, e demais etapas de abertura de comércio, é importante você contar com ajuda especializada, nesse aspecto, uma contabilidade para comércio é bastante útil.

Qual tipo de empresa abrir?

Uma das muitas decisões que você deve tomar antes de formalizar seu comércio, é com relação ao tipo de empresa que vai abrir. Aqui estamos falando de formato jurídico, regime tributário e porte da empresa.

Formato jurídico

Os mais comuns são:
  • EIRELI e Empresário Individual – aqui a responsabilidade é limitada e o empreendedor abre seu comércio sem sócios e se torna o único responsável pelo negócio;
  • Sociedade Simples Limitada – é uma espécie de sociedade que exige pelo menos um sócio, onde existem algumas responsabilidade limitadas.

Regime tributário

É aqui que você começa a desenhar o tipo de tributação que seu comércio irá ter:
  • Simples Nacional;
  • Lucro Real;
  • Lucro Presumido.
Cada um destes regimes tributários possuem seus benefícios, diferenciais e exigências. Mas aí você pode perguntar:
“Mas qual é o melhor regime tributário para o meu comércio”?
Realmente isso vai depender de uma série de análises, em que um contador especializado em comércio fica responsável por efetuar, juntamente com a coleta de dados que você, empreendedor, irá passar. Além disso, uma contabilidade competente escolhe o melhor regime tributário para o seu comércio, de modo que se possa reduzir os pagamentos com impostos. E, apenas nesse sentido, já é uma ótima vantagem, não é verdade?

Porte da empresa

A definição do porte de sua empresa é conforme o faturamento anual bruto.
  • MEI (Microempreendedor Individual).
  • ME (Microempresa).
  • EPP (Empresa de Pequeno Porte).
Caso o comércio/empresa não exerça uma atividade vedada pela LC 123/2006, assim como a ME, ele também pode optar pelo Simples Nacional. Portanto, existem vários tipos de empresas que são formadas pelas escolhas das alternativas existentes entre essas três variáveis (formato jurídico, regime tributário e porte da empresa), cada um atendendo determinado perfil de empreendedor. E se você precisa de ajuda em algumas dessas questões, venha conversar com nossa contabilidade para comércio agora mesmo! Fonte: Abrir um negócio Lucrativo
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email
Share on print

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Open chat