Negociar dívidas: quais os trâmites?

Saiba como negociar dívidas em sua empresa

Confira, neste artigo, algumas dicas para negociar suas dívidas de maneira correta e eficiente

Negociar suas dívidas pode ser uma tarefa assustadora, especialmente se você estiver tentando elaborar um planejamento por completo para conseguir eliminar uma pendência.

Você pode ter um orçamento, um cronograma e uma lista de coisas que você está tentando alcançar.

Tudo isso pode parecer um pouco avassalador.

No entanto, determinar quais dívidas você deve enfrentar primeiro e o que você pode fazer para eliminar um débito não é tão complicado quanto pode parecer.

Negociar dívidas pode ajudá-lo a economizar dinheiro, a administrar melhor suas finanças e, também, possibilitar que assuma o controle e tenha maior organização quanto a essas questões.

Nós, da Integral Prime, preparamos este artigo a fim de trazer algumas dicas úteis para negociar seus débitos.

Continue conosco e tenha uma ótima leitura!

8 dicas para negociar dívidas de maneira eficaz em sua empresa

A fim de negociar dívidas e de acabar com os problemas que assombram a sua rotina, seja ela empresarial ou até mesmo pessoal, é necessário que você compreenda uma série de fatores.

Afinal, por qual motivo essas dívidas se fizeram?

O que você tem feito para resolver essas pendências?

Traremos, a seguir, 8 dicas essenciais para que consiga negociar as suas dívidas de maneira assertiva e com maior eficiência. Confira!

1. Conheça suas dívidas

É importante conhecer suas dívidas a fim de negociá-las eficazmente.

Se você não puder pagar um empréstimo, o banco pode estar disposto a trabalhar com você se você estiver disposto a concordar em um plano.

Você também deve calcular quanto de juros e penalidades se acumularão com o tempo.

Isso pode ajudá-lo a ter uma noção de quanto tempo levará para pagar sua dívida.

Você também deve rastrear todas as suas despesas por cerca de um mês a fim de ver em que está gastando dinheiro e por quê.

Isso o ajudará a determinar para onde seu dinheiro está indo e como você pode usá-lo de forma mais eficiente com o objetivo de economizar mais dinheiro.

Ao negociar, é importante lembrar que a outra parte pode estar se sentindo vulnerável ou com medo de perder sua rede de segurança pessoal.

Certifique-se de que a pessoa tenha um entendimento do motivo pelo qual precisa do empréstimo ou da aprovação do empréstimo e que compreenda que a negociação não é para conceder, mas para encontrar uma solução em conjunto.

2. Avalie suas dívidas

Antes de começar a negociar, é importante compreender suas dívidas.

Você deve identificar os saldos de todas as suas contas, incluindo empréstimos de carro, dívidas de cartão de crédito, hipotecas e empréstimos estudantis.

Também é benéfico ter um orçamento com despesas mensais estimadas para que você possa começar a priorizar quais dívidas você precisa pagar primeiro.

Mesmo que você não tenha um plano para orçar ou sair de uma dívida, ainda é importante avaliar suas dívidas antes de iniciar as negociações.

Isso o ajudará a descobrir o que pode e o que não pode ser negociado.

A segunda coisa que é importante ao negociar suas dívidas é descobrir quanto elas estão custando a cada mês no pagamento de juros e encargos financeiros.

Quanto mais tempo passar sem pagar uma dívida, mais dinheiro será adicionado a ela.

Avaliar esses custos ajudará a determinar o quão rapidamente você pode sair de uma dívida negociando com os credores.

3. Entenda a sua real situação financeira

É importante ter uma visão clara de suas finanças e de sua posição para negociar sua dívida.

Você deve ser capaz de ver exatamente quanto dinheiro você tem, o que você deve e quais despesas ainda existem.

Ao acompanhar suas finanças, você saberá quando certas dívidas estão vencidas e será capaz de tomar as medidas apropriadas para negociar sua dívida.

Se você não tem mantido o controle de suas finanças, é fácil perder informações importantes que poderiam ajudá-lo a negociar com os credores.

4. Separe contas pessoais das contas empresariais

Antes de negociar qualquer coisa com um credor, é importante separar seus negócios das finanças pessoais.

Pode ser difícil aos credores entender a diferença entre os dois; se eles não estiverem cientes das distinções entre suas contas comerciais e pessoais, eles podem ter menos probabilidade de trabalhar com você na negociação da dívida.

Também é útil manter a documentação de todas as finanças caso você precise dela mais tarde. Isso inclui extratos bancários, recibos e faturas de fornecedores ou outras partes envolvidas em suas negociações de dívidas.

5. Elabore um planejamento eficaz

Para negociar suas dívidas, você precisa realizar um planejamento efetivo.

Este pode ser tão detalhado ou tão simples quanto você desejar.

Entretanto, é importante que você seja capaz de acompanhar seus objetivos e saber quanto tempo lhe resta para a negociação de suas dívidas.

Para elaborar um plano, faça uma lista do que você gostaria de realizar com sua negociação de dívidas e estabeleça prazos para si mesmo.

6. Defina os prazos para seus pagamentos

Defina prazos para que possa realizar seus pagamentos em dia, assim evitando a formação de novas pendências.

7. Negocie com seus fornecedores

A melhor maneira de negociar dívidas é conversar com seus fornecedores.

Eles terão a maior alavancagem no processo de negociação.

Pode ser benéfico para você negociar com seus credores antes que eles enviem um aviso de inadimplência.

Primeiro, ligue ou escreva a seus credores e pergunte a eles por que estão cobrando taxas de juros tão altas.

Se você lhes informar que está considerando negociar uma nova taxa, eles devem ser capazes de oferecer taxas mais baixas se quiserem mantê-lo como cliente.

Em segundo lugar, tente negociar diretamente com a empresa que presta o serviço da dívida se ela ainda não estiver sendo negociada por uma parte externa.

Talvez você consiga obter melhores condições dessa empresa do que o que está disponível através de seu credor.

8. Conte com o suporte de profissionais contábeis

A melhor coisa que você pode fazer é pedir ajuda de um contador especializado em negociação de dívidas.

Ele será capaz de lidar com todos os aspectos de seu débito, incluindo ajudá-lo a sair da dívida e a fazer um orçamento adequado.

Para saber mais, acesse os artigos abaixo:

Integral Prime: tenha uma gestão empresarial de destaque

Realizar uma boa gestão de sua empresa é crucial para que os resultados almejados sejam alcançados, bem como suas metas e seus objetivos atingidos.

Contudo, para que isso seja possível, é essencial buscar meios de potencializar a sua administração.

Nós, da Integral Prime, dispomos de um serviço de assessoria contábil empresarial capaz de trazer maior excelência para a sua empresa.

Contamos com um time de profissionais altamente qualificado, que preza cuidar de todas as burocracias e de todas as complexidades existentes em seu dia a dia.

Fazemos o acompanhamento das normas tributárias e das exigências legais, assim como oferecemos dados e informações para que seja possível tomar a melhor decisão em sua administração.

Temos como finalidade permitir que tenha maior disponibilidade de tempo para focar outras questões importantes de seu negócio.

Portanto, tenha maior tranquilidade, conte com nossos especialistas!

Clique aqui e tenha o suporte especializado da Integral Prime para negociar dívidas com sucesso!

5/5 - (1 vote)
Summary
Negociar dívidas: quais os trâmites?
Article Name
Negociar dívidas: quais os trâmites?
Description
Saiba como negociar dívidas em sua empresa. Confira, neste artigo, algumas dicas para negociar suas dívidas de maneira correta e eficiente.
Author
Publisher Name
Integral Prime
Publisher Logo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.